Saiba por que você deveria consumir produtos sintéticos

5 Sep 2018

 

 

 

              Geralmente quando lemos produto sintético logo nos vem à cabeça algo que não é bom ou resistente. Quando falamos de produtos alimentícios, como vitaminas ou de produtos de beleza, o conceito de sintético realmente é negativo, mas para a moda é algo que pode ser muito positivo quando falamos da substituição dos produtos vindos de origem animal, como peles e couro

 

              A diferença entre um produto sintético e natural são muitos, pois todo o bem que consumimos vem de diversos bens, que podem ser classificados a partir de critérios variados. Um desses critérios é justamento o natural e o sintético.

 

              O natural ele é extraído diretamente da natureza, podendo ser de origem vegetal, animal ou mineral. Os sintéticos, por sua vez, são produzidos pelos seres humanos de forma artificial, produzidos em laboratórios.

 

              Na moda, nós temos vários tipos de tecidos naturais que geralmente vem especificado nas etiqueta como de origem natural, como o algodão, que é de fibra de origem vegetal. Por outro lado, temos também outros produtos também natural, mas de origem animal, como o couro, a lã e  a seda. Os sintéticos são a viscose e o poliéster, pro exemplo. 

 

              O grande problema é que os produtos de origem animal natural nem sempre são as melhores escolhas, assim como usar um produto que contém poliéster e fibras de garrafa pet reciclada (que poluem e muito o meio ambiente). Já citamos aqui no site algumas alternativas para o couro (inclusive de origem vegetal) e agora vamos te mostrar os motivos para optar pelas alternativas sintéticas do couro.

 

 

 

 

 

 

PRODUTOS DE ORIGEM NATURAL TAMBÉM IMPACTAM O MEIO AMBIENTE

 

 

              Nem sempre os produtos naturais são biodegradáveis, afinal o couro mesmo sendo de origem animal passa por um processo altamente químico para não apodrecer e se tornar mais durável. Além disso há também o processo de tingimento que não natural, e todo esse processo traz grande prejuízos ao meio ambiente e aos trabalhadores que fazem nossas jaquetas e outras peças de roupas.

 

             Os resíduos sólidos e líquidos contém  resíduos tóxicos, como cromos. Todos esses resíduos são descartados de muitas vezes de maneira irresponsável na natureza. Além disso, as pessoas que trabalham nos curtumes (onde se curte o couro para o deixar mais durável) são expostas a todos esses produtos químicos nocivos. Fora tudo isso, o consumo de água e energia nessas fábricas é altíssimo.

 

 

 

OS SINTÉTICOS NÃO PERPETUAM A EXPLORAÇÃO DOS ANIMAIS

 

 

              Nós não podemos deixar que a cultura da exploração animal para o nosso consumo continue, afinal já temos muitas alternativas, não só alimentícias, mas também na moda para substituir o uso dos animais. No caso do couro já citamos algumas aqui no site, e você pode ajudar as usando e não colaborando para a perpetuação dessa prática.

 

              Outro motivo é que a pecuária é um dos principais setores responsáveis por abusos e violações em relação aos animais, que não vivem todo o seu ciclo de vida natural por conta dos maus tratos e por terem sua genética modificada para melhorar a produção de sua carne e derivados (e olha que tem bem mais coisas). Se você não parou ainda de comer carne, já pode ir repensando também.

 

 

 

O FAMOSO CUSTO-BENEFÍCIO É TAMBÉM MAIOR

 

 

              Os produtos de couro legítimo são considerados itens de luxo pela nossa sociedade, então seus preços costumam ser altíssimos em relação ao sintético. Isso ocorre porque o de origem animal tem todo um processo demorado de produção para chegar até o consumidor. 

 

              Mesmo que os sintéticos não sejam da mesma origem que o outro, com a tecnologia que temos hoje a sua durabilidade não é menor que a do couro de origem animal. Assim o custo-benefício do sintético é muito mais agradável e não causou nenhum sofrimento.

 

              Pela qualidade e durabilidade já ser praticamente a mesma (incluindo cor, cheiro e textura) até mesmo grifes de luxo estão abolindo o couro animal pelo sintético.

 

 

              Curtiu? Então fala pra gente a sua opinião sobre o assunto e compartilhe suas marcas vegan de jaquetas de couro conosco!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Luana Ponto no Casinha: A ENTREVISTA!

Banco de Tecido e Nosso Tecido: a moda girando

FARM e Re-Roupa: um pouco mais sobre moda circular

Moda agênero e sustentabilidade na SPFW

FashRev 2019 tem 33 atividades em Brasília

1/10
Please reload

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

© 2017 por Coletivo BSB no cabide 

AmandLa Gandhi e Elis Uchôa | bsbnocabide@gmail.com | whatsapp: + 55 61 9 9963-3057 | Brasília/DF