Orgânicos, Veganos e Cruelty Free

15 Aug 2018

       

 Foto: Sarah Gray/ Unsplash

 

       A procedência dos produtos cosméticos que usamos tem sido estudada e discutida com maior frequência, isso em decorrência das notícias alarmantes sobre os tipos de matéria primas usadas para a criação dos mesmos e, é claro, sobre os testes duvidosos em animais, que muitas das vezes recebem maus tratos durante todo o procedimento. Tudo isso fez com que surgissem cada vez mais empresas dispostas a criar produtos que ajudassem tanto o meio ambiente onde vivemos, quanto com o cuidado do nosso corpo.

 

      Com toda essa mídia ao redor desse tema uma onda de produtos orgânicos, veganos ou cruelty free, alastraram como fogo em gasolina no mercado fazendo com que muitas pessoas repensassem sobre sua maneira de consumir tais produtos.

 

       E por isso, o BSB no cabide oferece a você um mini guia para entender melhor qual a procedência do produto que você consome e o que os selos que os seguem significam, assim você poderá fazer uma compra mais segura e de acordo com os seus princípios e compreender melhor como identificá-los nas embalagens.

 

       A primeira dica é recorrer a listas verificadas de organizações certificadas como a Cruelty Free International , The Vegan Society  e o site do PEA, lá você pode encontrar listas de várias marcas nacionais e internacionais que não fazem teste em animais ou que são veganas (não possuem nenhum ingrediente de origem animal).

Depois é preciso entender as diferenças entre produtos veganos, orgânicos e Cruetly Free:

 

Produtos Veganos:

 

*Não utilizam ingredientes de origem animal;

*não testam em animais;

* os ingredientes podem ser naturais ou sintéticos.

 

Produtos Orgânicos:

 

*Matéria-prima cultivada;

*livre de agrotóxicos;

*sustentáveis e desenvolvidos com ingredientes naturais.

 

Produtos Cruelty Free:

*Não testados em animais;

* pode haver ingredientes sintéticos desde que não sejam testados em animais e nem de origem animal.

 

 

 

              Para saber qual tipo de produto estamos comprando é  importante estarmos cientes sobre o significados alguns selos de empresas certificadoras confiáveis, que vêm nas embalagens, como:

 

 

Selos Cruelty Free

 

 

 

              Esses são três tipos de selo Leaping Bunny , Peta e Not Tested On Animals Australia, que certificam que o produto não é testado em animais.

 

 

Selos Ecofriendly

 

 

 

              Esse da Eco Cert selo certifica que o produto foi feito através de fontes renováveis e através de processos eco-friendly, também certifica que o produto não contém ingredientes transgênicos.

 

 

Selo IBD

 

 

 

              A IBD certifica que os produtos devem conter pelo menos 95% da sua matéria prima orgânica e certificada, descontando-se água e sal, sendo os outros 5% podendo ser água, matérias primas naturais provenientes de extrativismo e agricultura não certificados.

 

 

Selos Vegan

 

 

 

              E por fim, mas não menos importante, os selos Vegan, que confirmam que não só o produto não foi testado em animais, como também não contém nenhum ingrediente ou sub-ingrediente de origem animal.

 

              Agora que já sabe a diferença, onde pesquisar e o significado de cada selo fica mais fácil achar uma marca para chamar de sua, que vai tanto te ajudar como ajudar o mundo onde você vive. Já temos algumas marcas aqui no site, na aba beleza, então já pode ficar por dentro de algumas. Conta depois quais você já usa, vamos compartilhar juntos!

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Luana Ponto no Casinha: A ENTREVISTA!

Banco de Tecido e Nosso Tecido: a moda girando

FARM e Re-Roupa: um pouco mais sobre moda circular

Moda agênero e sustentabilidade na SPFW

FashRev 2019 tem 33 atividades em Brasília

1/10
Please reload

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

© 2017 por Coletivo BSB no cabide 

AmandLa Gandhi e Elis Uchôa | bsbnocabide@gmail.com | whatsapp: + 55 61 9 9963-3057 | Brasília/DF